[Resenha] Marcada – The House Of Night.

Marcada é o primeiro livro da série The House Of Night, seguido por Traída e escrito pelas autoras P. C. Cast e Kristin Cast.

A protagonista da história se chama Zoey Montgomery, ela é uma típica adolescente do Ensino Médio e o seu maior desejo é se encaixar em algum lugar. Desde que sua mãe, Linda Heffer, se casou novamente com seu padrasto John (ou padrastotário, como Zoey prefere chamar) ela mudou completamente, passando a não dar mais atenção para a filha. Tem uma irmã que é líder de torcida e, segundo Zoey, “vadia” e um irmão “egoísta”. A pessoa mais importante da sua família é a sua avô, Sylvia Redbird, que sempre a amou e protegeu. Na escola a vida de Zoey não era tão ruim (mesmo que as suas notas em geometria não concordassem com isso), ela tinha uma melhor amiga chamada Kayla e um quase namorado bêbado chamado Heath.

Um dia na escola, tudo estava ocorrendo perfeitamente normal, até que um Rastreador marca Zoey com uma lua bem no meio da testa. Desesperada, Zoey não tem o apoio de Kayla, foge de Heath, tenta inutilmente pedir ajuda a mãe e acaba fugindo para a casa de sua avô, a única que poderia ajudá-la nesse terrível momento de confusão e dor.

Enquanto procura pela avó em sua fazenda, Zoey desmaia e tem um encontro especial com a deusa Nyx, depois acorda na Morada da Noite de Tulsa, com sua avó do lado, e conhece a Grande Sacerdotisa Neferet. É nessa hora que ela percebe que foi Marcada de uma maneira especial e que nem no mundo dos vampiros conseguirá ser normal.

A narrativa do livro é ótima, a história é viciante e os personagens são apaixonantes. Li esse livro pela primeira vez faz um bom tempo, mas releio ele sempre que estou sem nenhum novo. Super recomendo o livro e espero que todos gostem!

Anúncios